Month: Agosto 2014 (page 1 of 6)

Motoristas Femininas para Casamentos

A participação feminina no mercado de trabalho brasileiro está crescendo cada dia mais. Elas já ocupam quase 60% dos cargos assalariados do país, segundo pesquisa do IBGE (2012). As mulheres estão se profissionalizando em diversas áreas do setor público e privado, ocupando inclusive cargos que antes eram exclusivos dos homens. Uma dessas áreas que têm tido aumento da presença das mulheres é a de motoristas femininas para casamentos e eventos.

Um dos motivos para as empresas de aluguel de carros para casamento e eventos voltarem sua atenção para as mulheres motoristas é o fato de elas terem um perfil menos agressivo e mais cauteloso no trânsito, o que resulta em menos acidentes. Em média, menos de 30% dos acidentes de trânsito envolvem mulheres ao volante, fato que tem feito baixar o valor dos seguros de automóveis para elas.

Mulher ao volante: afinidade e segurança constante

Outro fator que tem feito as mulheres aumentarem sua presença no mercado de carros para casamento é a identificação com as clientes. “No caso das noivas, o principal diferencial é a afinidade que pode existir. As noivas se sentem muito mais à vontade”, afirma Max Ferreira, da empresa Max Digital, uma das pioneiras a contratarem choferes femininas. “Sentimos que seria uma coisa nova”, comemora Max, que, além dos serviços tradicionais de foto e filmagem, investe na ideia das choferes há cinco anos.

A ansiedade da noiva no dia do casamento pode provocar situações inesperadas e constrangedoras, como uma crise de sudorese, menstruação antecipada ou acidentes com o vestido. Nessas horas, é mais fácil para ela contar com a ajuda de alguém que se identifique e possa ajudar. “Nós temos um kit emergência no carro com maquiagem, absorvente, lenço de papel, linha de costura, desodorantes e guarda-chuva, tudo pensando em prevenir possíveis imprevistos.” informa Andressa Kaneto, da AndKar, que também conta com motoristas femininas em sua equipe.

As condutoras vieram para ficar no banco do motorista

O êxito das mulheres ao volante de carros para casamentos tem sido tão grande que as empresas já pensam em contratar mais. Além da segurança e afinidade, as noivas que têm optado pelas condutoras apontam outras vantagens, como o sucesso que elas fazem ao chegarem no local da cerimônia do casamento, com convidados surpresos, postando fotos nas redes sociais, e até a satisfação de noivos mais ciumentos, que se sentem mais seguros ao ver suas amadas sob a responsabilidade de outra mulher.

Das profissionais, o que as empresas – e as noivas – exigem é o fundamental: pontualidade, charme, simpatia, cuidado com o carro e preparo para dirigir bem. E elas estão mesmo prontas para tudo, de crises de nervosismo das clientes a uma eventual pane mecânica, ou pneu furado no veículo. Seja um casamento, festa de debutantes ou evento corporativo, as mulheres motoristas não são moda passageira, são sim uma tendência que chegou para ficar.

fonte:  www.guiadecasamento.com.br


Fazemos lembrancinhas, tanto pão de mel quanto bem casado para diversos eventos em toda região metropolitana e interior de Minas Gerais,  eventos de grande importância para a nossa empresa, trabalhando sempre em busca da satisfação de nossos clientes e amigos. www.amellart.com.br – pão de mel, bem casado, bem nascido, lembrancinhas para Padrinhos, lembrancinhas para Madrinhas, lembrancinhas para debutantes, lembrancinhas de casamento, bem laçados, debutantes, casamento.

 

Belo Horizonte, Nova Lima, Contagem, Santa Luzia, Sabará, Pedro Leopoldo, Lagoa Santa, Betim.

 


Flor de Lapela para Noivo

A flor de lapela, ou boutonnière, é uma tradição com mais de cinco séculos de história! O que era antes um amuleto masculino contra o mal, tornou-se um acessório chic, voltado para ocasiões especiais, como o casamento. Apesar da tradição ter chegado aos casamentos com o mesmo objetivo do buquê de noiva (perfumar e proteger), as flores de lapela, hoje em dia, ainda acrescentam elegância aos noivos modernos.

Boutonnière, uma história de elegância masculina

No século 16, os homens colocavam flores presas à roupa para se proteger do mal e das doenças. No século 18, a moda masculina na Europa, em especial na Inglaterra e França, era usar casacas com os botões de cima abertos e colocar uma flor na primeira casa (abertura do botão).

Homem com flor na lapela (Séc. XVII)No século 19, a moda da flor de lapela cresceu junto com a empolgação pela natureza, motivada especialmente pelo Romantismo. Para o homem elegante, escolher a boutonnière era tão importante quanto outros acessórios, como relógio de corrente e abotoaduras.

A Primeira Guerra Mundial decretou o fim da Belle Époque, mas a moda da flor de lapela resistiu para relembrar esse período. E continuou como referência de moda, mesmo com o advento da Segunda Grande Guerra. Astros do cinema, como Clark Gable e Cary Grant eram sempre vistos em seus filmes portando o arranjo preso ao terno, encantando as mulheres e inspirando os homens da época.

A Flor na Lapela nos Casamentos Modernos

Clark Gable com flor na lapelaHoje em dia, as flores de lapela marcam presença quase que exclusivamente nos casamentos, em especial, nos ternos do noivo, padrinhos, pai da noiva e pajens (os homens do cortejo). A flor mais tradicional é o cravo, mas também pode ser usada uma pequena rosa, mini callas, orquídea, jasmim, entre outras. Podem ser simples ou compostas com pequenos ramos, hastes, folhas, etc. O importante é que sejam elegantes e discretas.

Com relação à cor da flor de lapela, você pode combinar com a decoração, com o buquê da noiva ou escolher de acordo com o significado de cada cor. O noivo, por exemplo, pode usar o branco, que significa “amor puro”, ou o vermelho da “paixão”. É importante que a cor e/ou modelo da boutonnière do noivo seja diferente dos padrinhos, para destacá-lo, principalmente se o traje dele for parecido com o dos outros homens no altar.

Uma dica importante: evite usar flor de lapela junto com o lenço de bolso. O ideal é optar por um ou por outro, para que o visual não fique carregado. Caso o noivo não queria usar flores, existem opções alternativas, como penas de aves e broches temáticos. Se escolher a flor, não esqueça de encomendar arranjos extras. Muitas flores de lapela se amassam ou quebram durante abraços mais entusiasmados de parentes e amigos.

Fonte: www.guiadecasamento.com.br


Fazemos lembrancinhas, tanto pão de mel quanto bem casado para diversos eventos em toda região metropolitana e interior de Minas Gerais,  eventos de grande importância para a nossa empresa, trabalhando sempre em busca da satisfação de nossos clientes e amigos. www.amellart.com.br – pão de mel, bem casado, bem nascido, lembrancinhas para Padrinhos, lembrancinhas para Madrinhas, lembrancinhas para debutantes, lembrancinhas de casamento, bem laçados, debutantes, casamento.

Belo Horizonte, Nova Lima, Contagem, Santa Luzia, Sabará, Pedro Leopoldo, Lagoa Santa, Betim.

Older posts