Mês: Julho 2014 (page 2 of 3)

Bem casado: tradição em festas de casamento

Para uma festa de casamento as lembrancinhas são um componente essencial para fechar este momento tão importante com chave de ouro e uma das opções mais tradicionais para isso é o famoso bem-casado.

O bem-casado ou casadinho consiste em um doce típico em casamentos em Portugal e no Brasil que é utilizado há mais de 100 anos com um destaque às suas embalagens muito bem elaboradas e um sabor muito doce.

A origem deste delicioso docinho vem de Portugal e seu uso se difundiu no Brasil em virtude da colonização portuguesa e é um descendente do alfajor árabe.

A principal função da oferta de bem-casado em festas de casamento é oferecer sorte aos noivos sendo uma representação da união entre os mesmos. De acordo com a tradição, todo aquele que comer um bem-casado ao final de uma cerimônia de casamento terá como bênçãos a sorte e a felicidade dos noivos.

Ao considerar as suas características, o bem-casado é um doce que possui uma massa macia, com recheio variado sendo o mais tradicional o doce de leite ou baba de moça.

Em sua constituição, este docinho é formado por duas camadas delgadas de pão-de-ló, um recheio cremoso daquilo que os noivos mais gostarem e um banho de açúcar na sua parte superior.

 

Fonte: http://www.clicoufestas.com.br


Veja algumas fotos da AmellArt

 

Planeje uma festa com 9 dicas básicas

Planejar uma festa é pensar em todos os detalhes, sem exceção, das bebidas à comida. Do tipo de serviço, como será o atendimento e quem convidar. A promoter Liz Taylor deu dicas de como planejar uma festa inesquecível para o site Female First. Veja algumas delas:

Planeje seu orçamento
O planejamento de uma festa depende muito do que você está disposta a fazer com o dinheiro. O orçamento pode até limitar como você vai comemorar, mas não quer dizer que precise ser menos divertido. A dica da promoter é focalizar onde quer investir um pouco mais de dinheiro, ou seja, contratar uma banda incrível para tocar, ao invés de gastar dinheiro com um pouco de tudo. Faça uma lista do que tem para gastar. Também não se esqueça de que o pagamento do espaço e fornecedores geralmente deve ser feito antes da grande festa.

Criar uma lista de convidados
Criar a lista de convidados está atrelado ao valor que você tem disponível para gastar. Além disso, o número de pessoas é a peça-chave para escolher o local da festa depois. A dica para começar uma lista é primeiro escrever quem precisa estar no evento e depois quem gostaria que estivesse. Priorize o número de convidados e conte com 10% de desistência. Insista em uma data de RSVP para que você possa planejar a festa de maneira segura. Assim que tiver decidido sobre a lista de convidados, os convites devem ser exclusivos. Para uma festa especial, é legal imprimir seu convite em uma gráfica, ou pensar em alguns modelos criativos.

Seleção de local
A partir do momento que a data já foi escolhida e você tem ideia do número de convidados, é possível decidir o local da festa. A dica é ser criativo e prático. Pense em locomoção dos convidados, lugar para estacionar. É importante verificar se o local tem infraestrutura para comportar uma festa, ou seja, banheiros adequados, local para mesa de som, entre outros. O ideal é visitar pelo menos três espaços antes de decidir.

Música
Você pode contratar um DJ para um evento maior, para manter a festa animada até o fim. Além disso, pode ser a opção mais em conta do que contratar uma banda ao vivo. Uma boa dica é sempre pegar a indicação de conhecidos, que possam lhe dar referências sobre o profissional. Para evitar surpresas, é importante discutir toda a trilha musical e decidir em qual momento cada música deve entrar.

Bufê
É sempre importante que o bufê disponibilize o menu que será servido na festa antes, para uma degustação. É nesse momento que ainda possível fazer algumas mudanças no cardápio. No caso das bebidas, uma forma de não errar é servir um coquetel grande na entrada, mas lembre-se de oferecer bebidas sem álcool. Vinho sempre é uma boa opção, pois é bem aceito pela maioria. Seu orçamento vai determinar quais outras bebidas escolher. A variedade de bufês é grande. Se a festa for um carnaval, por exemplo, barraquinhas de cachorro quente, máquina de batatas fritas e pipocas podem ser ótimas ideias. Pense em um sushi bar, com algumas opções de pratos quentes para quem não é muito chegado ao peixe cru. Para um evento grande, a recomendação é que todos os convidados comam sentados. E sempre considere opções vegetarianas.

O grande dia
Planejar com antecedência é a peça-chave para evitar dor de cabeça no dia da festa. Veja com o salão a possibilidade de entrar cerca de 48 horas antes, para resolver detalhes como disposição de mesas e cadeiras, equipamentos de som e se está tudo do jeito que você gostaria.

Check-list
Faça um check-list dos seus compromissos e quanto cada um deles vai lhe demandar de tempo. Reserve um tempo para visitar a firma que contratou para decoração, o bufê, a música (peça uma passagem de som).

O detalhe a mais
Numa festa é sempre interessante pensar num detalhe surpresa que torne o evento memorável quando os convidados chegam à festa. O tradicional tapete vermelho pode ser substituído por uma cor mais moderna para combinar com a sua festa, na área de recepção, por exemplo, você pode contratar modelos bem vestidas para recepcionar os convidados. Foque num ponto da festa para chamar atenção, pode ser um bar com barman fazendo acrobacias, uma cantora num ponto fixo no salão, artistas dançando em gaiolas suspensas, um sushi bar ou mesas decoradas lindamente. O elemento surpresa é também uma ótima maneira de criar impacto.

Uma lembrança
Ofereça uma lembrança aos seus convidados, isso vai fechar sua festa com chave de ouro. Pense em algo criativo e dentro do seu orçamento. Busque algumas ideias na internet e, se tiver tempo, faça você mesmo com a ajuda de seus familiares. Pode ser uma bela economia.

Fonte: http://mulher.terra.com.br

« Older posts Newer posts »